A importância do cuidado gengival

A importância do cuidado gengival

A importância do cuidado gengival

Desde muito cedo, aprendemos sobre os cuidados que devemos ter com nossos dentes. Escovar, usar fio dental, manter uma boa alimentação estão entre as medidas que nos ajudam a ter dentes fortes, saudáveis e bonitos. Mas você sabia que esses cuidados também se aplicam à gengiva? Assim como os dentes, elas também merecem atenção e contribuem – e muito – para a sua saúde bucal.

Para você ter uma ideia, existem duas principais doenças que acometem a gengiva. Uma delas é a gengivite, que você certamente já deve ter ouvido falar. A gengivite é uma inflamação provocada pela placa bacteriana. Essa placa, quando não é removida pela escovação e uso do fio dental, produz toxinas que irritam a gengiva causando a doença.

Entre os principais sintomas da gengivite estão a vermelhidão, o inchaço e a sensibilidade. Sabe quando você vai passar fio dental e a gengiva sangra? Isso é um sinal de que algo não está bem.

A periodontite inicial é muito semelhante à uma gengivite, por isso muitos dizem que uma pode evoluir para a outra. A principal diferença entre a periodontite e a gengivite é a perda irreversível de colágeno. Essa perda, resulta em alterações da profundidade do sulco gengival além de recuo da gengiva e perda óssea. Os sinais mais comuns são sangramento, recessão gengival com exposição da raiz dos dentes e no estágio avançado pode haver mobilidade e alteração de posição dos dentes.

Como cuidar da gengiva

A boa notícia é que para cuidar da gengiva não é preciso grandes esforços. E, de maneira geral, os cuidados que você tem com os dentes, já se aplicam à gengiva. Mesmo assim, reforçamos algumas dicas que podem lhe ajudar a manter a saúde da sua gengiva:

Higienização

Como nós explicamos ali em cima, as doenças da gengiva estão relacionadas à placa bacteriana. Por isso, uma das formas de mantê-la saudável é removendo essa placa. E isso se faz com escovação correta, no mínimo de 2 a três vezes ao dia, ou após as refeições. Uma boa dica, é consultar seu dentista para saber qual é o melhor tipo de escova para o seu caso e a técnica correta de escovação.

Para essa higienização ser completa, o fio dental é fundamental. Afinal, ele ajuda a remover tanto os alimentos que ficam entre os dentes, quanto a placa abaixo da gengiva, onde a escova não alcança. Outro produto fundamental nesse processo é o creme dental. Aqui, no entanto, vale a mesma regra da escova: é importante consultar seu dentista para escolher o mais indicado para você.

Um coadjuvante nesse cuidado e que pode auxiliar muito é o enxaguante bucal. Usado sob prescrição do dentista, ele atua nas bactérias presentes na cavidade bucal, e é utilizado para auxiliar no controle e na redução da formação da placa bacteriana. No entanto, o enxaguante não deve ser usado como um substituto da escovação e nem do fio dental!

Alimentação

Assim como em outros aspectos da nossa saúde, a alimentação também influencia diretamente na saúde da nossa gengiva. Isso porque é uma boa alimentação quem garante a nutrição dos maxilares, tecidos gengivais e dentes. Vitamina C é sempre uma boa dica.

Além de manter uma rotina alimentar saudável, é importante ter cuidado com o excesso de açúcar e bebidas ácidas. Eles podem desmineralizar os dentes, além de contribuir para a formação de placa bacteriana. Por isso, se você não resistir a um docinho, o ideal é escovar os dentes em seguida.

Vá ao dentista

Por fim, além de seguir corretamente esses passos, a principal medida que você pode adotar para manter sua gengiva saudável é consultar regularmente o dentista. É ele quem tem o conhecimento necessário para avaliar sua boca e tratar, caso necessário.

Aqui na Hori, por exemplo, nós temos um Programa de Prevenção ao Sangramento Gengival. O primeiro passo é feito a partir de um exame chamado Periograma, onde são avaliadas as áreas de sangramento, recessões e perda de colágeno. Caso hajam alterações, podem ser realizados outros exames como escaneamento intra-oral, radiografias e tomografias. O objetivo é o correto diagnóstico e tratamento com especialistas, mestres e doutores do corpo clínico da Hori.

Além de prevenir sequelas como perda de dentes, recessão gengival e perda de colágeno ou perda óssea, o Programa também fornece orientações de higiene oral específicas e individualizadas. Isso auxilia não apenas na manutenção dos tratamentos realizados, mas também na saúde do seu sorriso.

Se quiser saber mais sobre o Programa, acesse o nosso site:  www.horiclinica.com.br



Posts mais vistos