Mitos e verdades sobre lentes de contato

Mitos e verdades sobre lentes de contato

Mitos e verdades sobre lentes de contato

Um sorriso natural e harmônico é o sonho de quase todas as pessoas. E, com a ajuda da tecnologia, é possível realizar esse sonho de maneira rápida e pouco invasiva por meio das famosas lentes de contato. Conheça mais sobre esse tratamento e descubra todos os seus benefícios

Menos invasiva e que gera bons resultados em pouco tempo. Essa tem sido a atual realidade da odontologia estética graças aos avanços da tecnologia quando o assunto são técnicas e materiais. E é graças a essas novas tecnologias que um dos tratamentos mais procurados atualmente são os laminados cerâmicos, também conhecidos como facetas de porcelana ou, mais popularmente, lentes de contato.

Cada vez mais procuradas, as lentes de contato são facetas de porcelana aplicadas sobre a superfície do dente. Elas são capazes de provocar uma grande modificação, seja na cor, no tamanho ou no formato dos dentes. Assim, ao utilizá-las é possível, por exemplo, alinhar os dentes, deixar o sorriso mais aberto ou mesmo chegar a uma cor que não seria possível apenas com o clareamento.

O principal objetivo do uso das lentes de contato é manter a naturalidade e a harmonia do seu sorriso. A ideia é atingir a excelência estética levando em consideração suas características biológicas e funcionais, para que o resultado seja o mais duradouro possível.

De maneira geral, as lentes de contato são indicadas para casos de alteração de cor, como, por exemplo, dentes escurecidos por tratamentos de canal ou trauma, manchas e pigmentações por outros materiais, medicamentos ou da própria formação; e para casos de anatomia dental, como formato, desgastes por bruxismo ou traumatismos e fechamentos de espaços entre os dentes, chamado de diastemas.

O tratamento também é indicado para corrigir dentes desalinhados quando o tratamento ortodôntico não for uma opção e para substituir restaurações extensas de resina ou materiais metálicos.

Como funciona o tratamento

Assim como qualquer tratamento ortodôntico, a colocação de lentes de contato é feita em etapas. A primeira delas é a consulta, quando é feito o diagnóstico e exames prévios que ajudarão no planejamento do tratamento. Na etapa do planejamento é realizada uma projeção em 3D do sorriso do paciente, levando em consideração aspectos que o incomodam.

Para que o resultado seja o mais natural possível, nessa fase são analisadas as medidas e linhas que definem a proporção correta da face, as linhas do sorriso, a relação entre dentes e lábios, a altura e abertura do sorriso, a análise gengival e outras análises.

Tudo isso é registrado em fotografias, tanto para realizar o planejamento como para realizar a comparação antes e depois, além, claro, de garantir a harmonia facial. Também é possível realizar um mock-up, ou seja, uma espécie de prévia que é confeccionada em material resinoso sobre a superfície do dente antes do seu desgaste para ter uma ideia de como será o resultado.

Em média, esse tratamento pode ser feito em apenas uma semana, ou três consultas. Mas, claro, o tempo pode variar. Um exemplo são os casos de pacientes com necessidade de plástica gengival, em que o tratamento pode levar mais tempo.

Outra preocupação comum em relação ao tratamento é a questão do desgaste. De maneira geral, os tratamentos mais modernos prezam por serem o menos invasivos possível. No entanto, em alguns casos o desgaste pode ser necessário, especialmente nos dentes que necessitam de maiores correções. Mas essas correções podem ser feitas com desgastes mínimos e sem enfraquecer sua estrutura dental.

E depois?

A promessa, depois de colocadas as lentes de contato, é de vida normal, já que elas não têm restrições quanto à alimentação e o material com que são produzidas oferece grande resistência ao impacto e às cargas mastigatórias. Vale lembrar também que, por serem feitas de porcelana, as lentes não escurecem ou mancham, mantendo sempre a cor, textura e o brilho da superfície com o passar do tempo.

No entanto, a durabilidade do tratamento vai depender, claro, dos seus hábitos, higiene e de consultas regulares para a manutenção a limpeza. Algo parecido com o ocorre com seus dentes naturais.

Odontologia estética na era digital

Aqui na Hori Clínica, a colocação de laminados cerâmicos, ou lentes de contato, é feita com peças projetadas por um sistema digital conhecido como CAD/CAM. Isso significa que, depois do preparo dos dentes, a boca é escaneada por uma câmera intra-oral que cria modelos virtuais a partir dos quais as lentes de contato são projetadas e, então confeccionadas por uma fresadora, que esculpe as lentes projetadas em blocos cerâmicos.

Esse sistema permite que o tratamento seja realizado com maior rapidez, previsibilidade e menos desconforto, eliminando procedimentos desagradáveis como a moldagem.  Além disso, todos os projetos ficam arquivados, assim é possível reproduzi-los em caso de algum acidente.

A responsável por esse tratamento é a cirurgiã-dentista, e diretora clínica da Hori, Yeska Braga Hori. Ela é graduada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), de São José dos Campos, é especialista e mestranda em Endodontia pela Universidade São Paulo (USP) e tem aperfeiçoamento em cerâmicas dentais pelo International Center for Dental Education, de Liechtenstein, na Suíça.

Sobre nós

Presente no atendimento odontológico desde 2002, a Hori Clínica oferece a excelência em seus tratamentos, aliando profissionais altamente qualificados e tecnologia de ponta. Com oito salas de atendimento, aparelhos de última geração, laboratório e tomógrafo próprios, a Hori Clínica prioriza o bem-estar, a praticidade e a superação de expectativa de seus pacientes nas diversas especialidades oferecidas. Também somos a única clínica multidisciplinar no Brasil com conceito totalmente digital e a possuir diferentes sistemas CAD/CAM. I



Posts mais vistos